ARTERIS LITORAL SUL ABRE PROGRAMA DE VISITA ÀS OBRAS DO CONTORNO VIÁRIO DE FLORIANÓPOLIS

ARTERIS LITORAL SUL ABRE PROGRAMA DE VISITA ÀS OBRAS DO CONTORNO VIÁRIO DE FLORIANÓPOLIS

Considerada a principal obra de infraestrutura em andamento em Santa Catarina, o Contorno passa a receber grupos para visitação em suas diversas frentes de trabalho

Com obras iniciadas em 34 quilômetros, do total de 50 que formarão a futura rodovia, o Contorno desperta curiosidade de diversos grupos, em especial professores e alunos de universidades catarinenses e também de comunidades vizinhas da obra. Para proporcionar conhecimento mais aprofundado sobre o empreendimento, suas características, fase de implantação, complexidade de engenharia e programas ambientais desenvolvidos, a Arteris Litoral Sul está abrindo o Programa de Visita às Obras do Contorno. Serão duas datas disponíveis mensalmente, com agendamento prévio e para grupos de no mínimo 10 pessoas e no máximo 30. Cada visita terá cerca de duas horas e meia de duração, incluindo uma apresentação inicial e visita a diversas frentes de trabalhos ao longo dos municípios de São José, Biguaçu e em breve Palhoça.

Para o superintendente de investimentos do Contorno Viário de Florianópolis, Marcelo Módolo, a oficialização da abertura do programa de visitas vai possibilitar uma interação maior com a sociedade e também a criação de um canal contínuo com os interessados em acompanhar a obra e as ações da concessionária. “Nós já realizamos diversas visitas desde o início das obras, conforme os grupos nos procuram, mas temos certeza que com a abertura do programa o interesse será ainda maior. As universidades geralmente são as mais interessadas, já que se trata de uma obra com características únicas: serão quatro túneis duplos, sete pontes e outras inúmeras obras de arte de engenharia. Sempre buscamos dar um atendimento personalizado, com um engenheiro à disposição e todas as dúvidas respondidas”, destaca o engenheiro.

Roteiro

A primeira parte da visita é formatada com uma apresentação detalhada sobre o projeto e o andamento das obras do Contorno, que hoje empregam cerca de 850 trabalhadores e têm 250 equipamentos pesados em uso nas diversas frentes. Durante a apresentação, são mostradas as técnicas de engenharia que estão sendo empregadas, mapas do traçado, principais obras, além de imagens aéreas que mostram a evolução da implantação. Na visita a campo, os grupos seguirão em diversas frentes, conforme o andamento da obra.

Visita ajuda na formação de estudantes

Recentemente, um grupo de estudantes de 7º e 8º períodos do curso de Engenharia Civil do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) visitou as obras. A experiência, segundo o professor Fabio Krueger, responsável pelas disciplinas de Projeto Geométrico e Implantação de Estradas e Pavimentações, é única. “Esse tipo de visita é muitíssimo importante para que os estudantes tenham contato prático com os ensinamentos obtidos em sala de aula e laboratórios. Houve muito interesse na quantidade de etapas e serviços que podem ser observadas durante o trecho do contorno, como escavação, aterro, compactação, estacas, pavimentação e nos futuros túneis.”, afirmou o professor.

Já para o professor Eduardo Alexandre Krüger, que leciona na disciplina Projeto Geométrico de Estradas e Transportes, na Univali de Itajaí, e levou cerca de 20 estudantes para uma visita na última semana de setembro, a magnitude da obra é um dos grandes destaques. “Não há uma oportunidade assim na região e o diferencial que só essa obra conota é enorme. É de uma magnitude sem tamanho, mas além de tudo, é possível observar os métodos construtivos e o cuidado na opção por técnicas e metodologias que possam fomentar o estado da arte no projeto e na construção de uma rodovia como esta”, afirma.

Serviço – COMO AGENDAR

  • Para visitar as obras é preciso formar um grupo de no mínimo 10 e no máximo 30 pessoas.
  • O agendamento deve ser feito exclusivamente por meio do e-mail ana.basane@arteris.com.br e será por ordem de disponibilidade de datas.
  • Serão abertas duas agendas por mês.
  • Com a agenda confirmada, os grupos serão recebidos no escritório do Contorno Viário de Florianópolis, localizado na Avenida Celso Joaquim da Silva, 151 – Sertão do Maruim – São José -CEP 88.122-040, onde ocorrerá a apresentação inicial e retirada dos equipamentos de proteção individual (colete e capacete – todos devem usar sapato fechado).
  • Importante: o transporte até a sede e também para circular dentro das obras – automóvel ônibus ou micro-ônibus – é de responsabilidade do grupo.
  • No caso de mau tempo, a atividade será reagendada.

 Sobre o Contorno

O Contorno Viário de Florianópolis está sendo construído pela Arteris Litoral Sul com o objetivo de desviar o tráfego de longa distância da BR-101, na região de Florianópolis. Os estudos realizados preveem uma redução significativa na intensidade deste tráfego, melhorando a competitividade logística do Estado. Com investimentos, até o momento, superiores a R$ 1 bilhão, o Contorno será uma rodovia classe zero, ou seja, um corredor expresso cuja velocidade operacional vai ser de 100 km/h em todo o percurso, com seis acessos por meio de trevos, quatro túneis duplos, sete pontes e mais de 20 passagens em desnível.