SÉRIE DE VÍDEOS DO COMPONENTE INDÍGENA DO CONTORNO VIÁRIO DE FLORIANÓPOLIS ESTÁ DISPONÍVEL NO YOUTUBE

Produção de noticiários e documentário foi realizada pelos próprios indígenas e faz parte de programa que abrange 10 aldeias vizinhas às obras da rodovia

CI-PBA TV ARANDUÁIndígenas de 10 comunidades que fazem parte do Componente Indígena do Plano Básico Ambiental (CI-PBA), programa integrante do processo de Licenciamento Ambiental do Contorno Viário de Florianópolis, produziram ao longo dos últimos dois anos oito vídeos em que são mostradas diversas temáticas relacionadas à cultura da comunidade indígena Guarani e as atividades relacionadas à construção da rodovia. Todas as produções estão disponíveis no link: https://www.youtube.com/channel/UCcgC9-_MrHr691jhzN3eGdw  .

Para a coordenadora de Meio Ambiente da Arteris Litoral Sul, Daniela Bussmann, a atividade de produção de vídeos considera a realidade dos indígenas da região e sua interação com o Contorno, além de promover uma multiplicação de conhecimento tanto nas aldeias como fora delas. “Tudo que é realizado junto aos integrantes do CI-PBA abrange as necessidades específicas dos povos indígenas, sempre levando até eles a composição da nova realidade existente com as obras da rodovia. Na série de vídeos não é diferente, há o reforço da cultura Guarani e o formato vídeo contribui para a disseminação de informações que ajudam a dar visibilidade para estes grupos”, ressalta Daniela.

Temas dos vídeos

  • A primeira produção fala sobre a construção da Casa de Reza nas comunidades Guarani.
  • O segundo episódio da série de vídeos fala sobre a Oficina de Fotografia com os monitores de comunicação (indígenas de cada aldeia que levam as informações).
  • A terceira produção mostra sobre o resgate de plantas, sementes, cipós e raízes de interesse para os Guarani nos locais onde houve supressão da vegetação.
  • O quarto vídeo explica sobre as campanhas periódicas de monitoramento da fauna na área das obras do Contorno.
  • O quinto episódio exibe a respeito dos mutirões de coleta e triagem de resíduos sólidos nas dez aldeias indígenas que participam do CI-PBA.
  • A sexta produção é sobre a visita dos representantes Guarani na Ilha do Campeche.
  • O sétimo vídeo conta sobre o processo de implementação de pequenos projetos de sistemas agroflorestais nas comunidades Guarani.
  • O oitavo vídeo mostra curiosidades e diferenças entre as escolas das aldeias participantes do CI-PBA.

* O CI-PBA do Contorno Viário é um programa de mitigação de impactos do empreendimento aprovado pelo IBAMA e conduzido com a participação da Funai e das lideranças Guarani. As dez aldeias que compõem o CI-PBA, são: Amâncio (Ygua Porã), Amaral (Mymba Roka), Cambirela, Canelinha (Tava’i), Itanhaém, Massiambu (Pira Rupa), M’Biguaçu (Yynn Morotchi Whera), Morro dos Cavalos (Itaty), Praia de fora 1 e Praia de Fora 2 (Ka’arã).