TRABALHADORES DAS OBRAS DO CONTORNO PARTICIPAM DE OFICINA SOBRE CULTURA E DIREITOS INDÍGENAS

TRABALHADORES DAS OBRAS DO CONTORNO PARTICIPAM DE OFICINA SOBRE CULTURA E DIREITOS INDÍGENAS

Atividade é focada no povo Guarani, sua proximidade com o empreendimento e o processo de licenciamento ambiental. Participantes foram orientados como devem se comportar em caso de contato com alguma aldeia 

Desde o início da construção do Contorno Rodoviário de Florianópolis, os trabalhadores da frente de obras, encarregados e engenheiros, participam de oficinas sobre cultura e direitos indígenas. A atividade, que aconteceu em setembro, faz parte do subprograma de Comunicação Social do Componente Indígena do Plano Básico Ambiental (CI-PBA) do empreendimento.

Nesses encontros, é apresentado um panorama atual sobre os indígenas do Brasil, dando ênfase ao povo Guarani e ao processo de Licenciamento Ambiental do Contorno. São destacados os conflitos e as pressões a que estão sujeitas as áreas indígenas existentes na área de influência das obras, bem como ressaltados os direitos indígenas. Também é ressaltado como os trabalhadores devem se comportar caso tenham que acessar alguma aldeia.

A atividade contou com a presença de uma liderança ou um monitor de Comunicação das comunidades indígenas integrantes do CI-PBA, que possibilita aos trabalhadores que façam perguntas sobre dúvidas ou curiosidades a respeito do modo de vida Guarani. Além disso, para auxiliar nas oficinas, são feitas dinâmicas, mostrados vídeos sobre a temática indígena e distribuído o livreto “Comunidades indígenas merecem respeito”, que foi elaborado junto aos monitores de Comunicação do PBA indígena.