TRABALHOS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL SÃO PREMIADOS COM PASSEIO NO PARQUE DA SERRA DO TABULEIRO E PROJETO TAMAR

TRABALHOS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL SÃO PREMIADOS COM PASSEIO NO PARQUE DA SERRA DO TABULEIRO E PROJETO TAMAR

Estudantes de duas escolas, de Governador Celso Ramos e São José, tiveram o passeio como premiação por terem os melhores trabalhos entre as escolas participantes

Cerca de 40 alunos do ensino fundamental da Escola Municipal Professora Alaíde da Silva Mafra, de Governador Celso Ramos, e da Escola de Ensino Fundamental Califórnia, de São José, foram os vencedores dos melhores projetos desenvolvidos em 2018 no âmbito do programa de Educação Ambiental do Contorno Viário. A premiação acontece desde 2015, primeiro ano de implantação do programa, e busca incentivar as escolas e estudantes a criarem ações criativas que envolvam o que foi trabalhado em sala de aula.

Neste ano, os prêmios foram visitas a dois destinos educativos diferentes. A turma da Escola de Ensino Fundamental Califórnia, de São José, fez um passeio na trilha do Centro de Visitantes do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, localizado em Palhoça. Já os alunos da Escola Municipal Professora Alaíde da Silva Mafra, de Governador Celso Ramos, visitaram em Florianópolis o Projeto Tamar, que desenvolve ações de proteção das tartarugas marinhas no Brasil. Os passeios aconteceram no último mês de maio.
Para a professora Maria Alzira dos Santos, da Escola Municipal Professora Alaíde da Silva Mafra, a Educação Ambiental do Contorno contribui para que as crianças cresçam aprendendo a proteger o meio ambiente. “Tanto os projetos desenvolvidos em sala ao longo do ano passado como essa premiação com a visita ao Tamar vão ajudando a construir um senso de conscientização nas crianças.”, destacou a educadora de Governador Celso Ramos.

A professora Geisicleia de Assis Vieira Marques, da Escola de Ensino Fundamental Califórnia, de São José, foi responsável por conduzir os alunos no desenvolvimento de um dos projetos vencedores. Para a professora, todo o trabalho de educação ambiental desenvolvido mostra que quando se faz uma obra como o Contorno não se está simplesmente tirando os recursos do Meio Ambiente, mas também está se executando formas de compensar. “Vemos o trabalho de educação ambiental, os projetos de outros programas, o plantio de mudas e outras ações e isso é repassado aos alunos para que vejam que existe compensação. Além disso, esse passeio de hoje proporciona ensinamento aos estudantes que vão além e complementam aqueles que passamos na escola”, explicou.

A Educação Ambiental do Contorno Viário de Florianópolis é desenvolvida pela equipe de Meio Ambiente da Autopista e pela empresa terceirizada Avistar Engenharia. Este ano, o Programa de Educação Ambiental tem como temática central a Cultura Indígena e os Povos Tradicionais do Brasil. As ações estão sendo desenvolvidas em dez unidades de ensino.