Patrimônio cultural dentro das escolas

Arteris
Patrimônio cultural dentro das escolas

Aproximadamente 900 alunos de oito escolas localizadas na área de influência direta do Contorno Rodoviário de Florianópolis (Palhoça, São José, Biguaçu e Governador Celso Ramos) estão participando de atividades do Programa de Educação Patrimonial no ano de 2015.

Diversos assuntos relacionados ao patrimônio cultural, à arqueologia e ocupação pré-colonial da grande Florianópolis estão sendo abordados com os alunos das escolas. Além das palestras, os alunos também participarão de oficinas de arte rupestre, confecção de potes cerâmicos utilizando a técnica Tupiguarani e uma atividade de escavação simulada, onde eles terão a oportunidade, na prática, de simular um resgate arqueológico.

A atividade de Educação Patrimonial nas escolas está ocorrendo de forma paralela às atividades realizadas junto aos trabalhadores do empreendimento com intuito de informá-los sobre a ocupação pré-colonial no Brasil e orientá-los em caso do aparecimento de algum objeto de interesse arqueológico durante a fase de obras.

 

Conheça as escolas que participam das atividades:

Município de Palhoça:

  • E.B Antonieta da Silveira de Souza;
  • E.E Nossa Senhora de Fátima.

Município de São José:

  • C.E.M Sant’Ana;
  • C.E.M Vila Formosa.

Município de Biguaçu:

  • E.B.M Prof. Manoel Roldão das Neves;
  • E.B.M Prof. Donato Alípio de Campos.

Município de Governador Celso Ramos:

  • EEB Abel Capela;
  • EEB Profº Elvira Sardá da Silva.