Anfíbios compõem fauna da região do Contorno Viário de Florianópolis

Arteris Contorno Florianópolis
Anfíbios compõem fauna da região do Contorno Viário de Florianópolis

Com o intuito de coletar informações sobre os animais vertebrados da região do entorno do Contorno Viário de Florianópolis, a Arteris Litoral Sul realiza o Monitoramento de Fauna e Bioindicadores. A cada três meses, a equipe de meio ambiente da concessionária executa a atividade, cobrindo as quatro estações do ano.

Os anfíbios, grupo que, com os répteis, é chamado de herpetofauna, são monitorados por meio de busca ativa. Nela, com o auxílio de ganchos e lanternas, o profissional explora as cavidades no solo, nas árvores e sob pedras, madeiras e folhas em busca de sapos, rãs, pererecas e outras espécies.

Anfíbios em geral também podem ser amostrados por meio de buscas auditivas, ou seja, por meio do canto e outros ruídos. Utilizam-se ainda armadilhas de queda, nas quais os animais são guiados até baldes enterrados no solo. As armadilhas são vistoriadas pelo menos três vezes ao dia, e os animais ali encontrados são identificados, passam por biometria e são soltos na natureza.

“O monitoramento é importante pois nos permite conhecer a fauna dos arredores do Contorno e medir a interferência do empreendimento na natureza. Dessa forma, buscamos maneiras de causar o mínimo impacto ambiental possível”, comenta Daniela Bussmann, coordenadora de meio ambiente da Arteris Litoral Sul.

Os métodos variam para cada grupo de espécies, e todas as práticas e equipamentos são aprovados pelo IBAMA, que também certifica os profissionais envolvidos. Confira fotos do monitoramento de anfíbios e répteis na galeria abaixo: