AUTOPISTA ESCLARECE PROCESSO DE DETONAÇÕES DE ROCHAS PARA A COMUNIDADE DE PALHOÇA

Arteris
AUTOPISTA ESCLARECE PROCESSO DE DETONAÇÕES DE ROCHAS PARA A COMUNIDADE DE PALHOÇA

Moradores da região das obras do Contorno Rodoviário da Grande Florianópolis receberam informações da concessionária sobre detonação necessária à construção da nova rodovia.

A Autopista Litoral Sul realizou na penúltima semana de junho duas reuniões com moradores do município de Palhoça para esclarecer dúvidas da comunidade sobre o processo de detonações. Cerca de 40 pessoas participaram dos dois encontros, que tiveram o objetivo de informar detalhes sobre um novo ponto de detonação e explicar para a comunidade os programas ambientais do empreendimento, a atividade de monitoramento de ruídos, vibrações e ultralançamento nas detonações de rochas, os impactos ambientais ocasionados pelas detonações e as medidas de segurança adotadas.

Segundo a bióloga Cássia Padilha, da Avistar Engenharia, empresa responsável pelo monitoramento de vibrações e ruídos, os encontros foram muito bem aceitos pela comunidade, que se mostrou interessada em ter mais conhecimentos sobre as atividades de detonações de rochas. “As dúvidas são principalmente sobre a necessidade do desmonte de rochas e Plano de Evacuação das áreas”, explicou a bióloga.

Além de detalhes do Plano de Fogo, a comunidade teve a oportunidade de saber mais sobre o histórico do projeto do Contorno Rodoviário de Florianópolis, o processo de licenciamento ambiental e o Plano Básico Ambiental com os 13 programas ambientais em desenvolvimento.

Sociedade informada

Segundo a coordenadora de Meio Ambiente da Autopista, Daniela Bussmann, além do cumprimento de diretrizes dos órgãos licenciadores, a concessionária tem a preocupação de manter a comunidade por dentro do processo e está à disposição para esclarecimentos e realiza um trabalho transparente para levar a informação a todos. “Além das reuniões, que ocorreram também nos meses de fevereiro e março, foi realizada toda uma etapa de comunicação prévia, com a visita de técnicos para explicar o processo passo a passo e também entregar para os membros das famílias folhetos explicativos sobre as detonações”, destacou.

Nos dias prévios às detonações, boletins de rádios são veiculados em duas emissoras de rádio com abrangência regional e um aviso é disponibilizado no site www.contornodeflorianopolis.com.br.