Canteiros móveis são implantados no Trecho Sul do Contorno

Arteris Contorno Florianópolis
Canteiros móveis são implantados no Trecho Sul do Contorno

Para agilizar o início das obras no trecho sul do Contorno Viário da Grande Florianópolis, sob responsabilidade da Arteris Litoral Sul, a Camargo Corrêa Infra, empresa responsável pela execução da obra em 11,4km no trecho, incluindo dois túneis duplos e intersecções da nova rodovia com as BR- 101 e SC-282, implantou na obra um canteiro móvel. A estrutura é composta por contêineres customizados, com placas solares, módulo de TI para geração de sinal de internet via satélite, sistema telefônico estável, móveis para escritórios, ar-condicionado e reservatório de resíduos.

O superintendente de investimentos do Contorno Viário, Marcelo Módolo, explica que normalmente o início de uma obra envolve a construção de um canteiro central para oferecer a infraestrutura básica para os trabalhadores, como água, energia, banheiros, refeitório, entre outros. O canteiro móvel proporciona uma maior agilidade para com o início dos trabalhos sem a necessidade de aguardar a construção do canteiro central.

O canteiro móvel viabiliza estações de trabalho para 32 profissionais, sala de treinamento com capacidade para 15 pessoas e refeitório capaz de atender 60 trabalhadores distribuídos em quatro turnos com 15 lugares.

A ordem de serviço com as duas construtoras responsáveis por esta nova etapa das obras, a Camargo Corrêa Infra e o Consórcio Túneis Litoral Sul, foi assinada em 11 de janeiro, marcando o início das atividades de mobilização de colaboradores e equipamentos, com início montagem do canteiro, limpeza do terreno, cercamento, preparação de caminhos se serviço, etc. No fim de fevereiro serão mais de 400 colaboradores, número que passará de mil nos próximos meses.

O Contorno de Florianópolis é um dos maiores projetos de infraestrutura do País, com investimentos totais de R$ 3,7 bilhões. No pico dos trabalhos, serão 3,2 mil funcionários. Quando concluído será um corredor expresso com 50km de extensão em pista dupla, que vai permitir que o tráfego de longa distância do Corredor do Mercosul não precise cruzar áreas urbanas da região metropolitana da capital catarinense. Saiba mais em www.contornodeflorianópolis.com.br.